Desde:

Desde: 03 de Janeiro de 2010!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Finalista do Concurso de Postagens³

Nome: Alessandra Jungs de Almeida
Idade: 14 anos
Site/ Blog: http://pensamentosdeumabananatransgenica.blogspot.com
Tema da Postagem: Amor, desilusão.
Postagem:
Leia devagar, esse é um texto que tem expressão (eu acho), e necessita de carinho do leitor (pode rir, mas eu amo esse texto).

Um vendaval

"- Não, eu já não quero mais isso, não quero ter que olhar para você como se fosse normal, não quero! - ele falou com total autoridade.
Ela baixou os olhos, era isso que temia desde o começo, a insegurança era enorme e o medo maior ainda. Deu um resmungo baixo, como se adiantasse alguma coisa...
As vozes que ela ouvia, o temor que ela sentia, tudo, absolutamente tudo pairava no ar nesses momentos. Ele lhe deu as costas, e ela não fez nada, poderia ter erguido a mão e segurado seu pulso, como um clichê de vários filmes românticos, poderia ter gritado, implorado ou se ajoelhado aos seus pés, mas não fez nada disso. Deixou ele se afastar, como se tivesse dito um tchau simpático e ido dar uma volta.
Ficou parada com carros andando ao seu redor, o vento trazendo folhas de árvores e poluição, um sinal abrindo ali, e uma mulher deixando cair um óculos aqui.
Não fechou os olhos, não respirou, queria cair ao chão e morrer, mas seria demasiada sorte se isso acontecesse, deixou seu pensamento flutuar e o sinal fechar. Levantou uma perna como se estivesse na lua e continuou sua caminhada, como se fosse forte o bastante para aguentar um vendaval, mas tão fraca que uma leve brisa fosse leva-la.

Beijos Julia, e sucesso com teu blog e tudo mais :*"


Parabéns!
Beijos A Todas As Corujinhas!

2 comentários:

  1. Bonito texto da Alessandra!
    A gente sempre suporta os vendavais que tentam nos destruir.
    Obrigada pelo convite pra participar do seu concurso.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Indiquei seu blog para o Prêmio Dardos, então, vai no meu blog:
    http://ideiassoltashere.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Se você gostou, que tal deixar o seu comentário e me deixar com um sorriso no rosto?