Desde:

Desde: 03 de Janeiro de 2010!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Por que isso acontece comigo?


Parece que na hora que você recebe a notícia de que alguém querido está à beira da morte você não se toca.Simplesmente não percebe o quanto essa pessoa está fraca e precisando da sua ajuda. Não cai lágrimas dos seus olhos, como se você não tivesse sentindo nada, mas isso é apenas o que parece. Porém dentro de você, tem alguma coisa te machucando cada vez que toca no assunto, talvez nós até nos seguremos para essa lágrima não cair, talvez para enganar nós mesmo pensando que não vai acontecer nada, quando tudo pode acontecer, ou apenas para mostrarmos a essa pessoa que ela não precisa se preocupar, que é apenas uma cirurgia e ela já estará bem, quando ela está a beira da morte.
As lágrimas começaram a rolar sobre meu rosto, me desculpe, mas agora que estou sozinha no meu quarto não posso segurá-las.
Oh meu Deus, vovô! Por favor seja forte e aguente a cirurgia, o tratamento o que é que o senhor tenha que fazer para melhor e sobreviver até que meus filhos nasçam e cresçam. Tenho certeza que você me verá na faculdade, na minha formatura e chegará a acariciar o rosto dos seus bisnetos. Mas por favor, seja forte e aguente!
A algum tempo atrás, o senhor me disse que partiria com 72 anos, sem motivo nenhum para essa previsão. Apenas uma... intuição. Só espero que isso não seja verdade, o senhor já está com 71, não quero vê-lo partir daqui a breve 12 meses.
Mas se isso realmente for verdade, quero aproveitar cada segundo, cada minuto com você e me desculpar apartir de já por todos os erros que cometi, para não ser tarde de mais para me arrepender.

Beijos A Todas As Corujinhas!

Um comentário:

  1. Passei pela mesma situação.. Mas no caso foi com minha Vó.. Ela saiu bem da cirurgia mas eu não fui visita-la. NÃO SEI O QUE ACONTECEU COMIGO. Somente na hora que minha mãe já havia partido em direção ao hospital, me arrependi de não ido com ela. Liguei mas ela não me atendeu. Comecei a chorar, era meu aniversário, estava sozinha e a coisa que mais queria era um abraço da minha querida vó. Um tempo depois minha mãe retornou minha ligação e informou que ela havia falecido. Que só havia dado tempo de um beijo de despedida. Não pude acreditar, não conseguia raciocinar. Perdi minha vó exatamente 17 anos depois do dia em que nasci. Não tem como me arrepender tanto de algo que fiz na vida, como não ter ido ve-la em seu ultimo dia. Espero que tenha ocorrido tudo bem com seu Vô, é muito ruim imaginarmos sem nossos 'velhinhos'.
    Ps: Adorei o blog ;)

    ResponderExcluir

Se você gostou, que tal deixar o seu comentário e me deixar com um sorriso no rosto?