Desde:

Desde: 03 de Janeiro de 2010!

quarta-feira, 25 de julho de 2012

O que todos escutam, mas ninguém fala

Olá Corujinhas! Aqui estou sentada da cozinha da minha homestay em Vancouver, Canadá. O que tenho para dizer para vocês? Muitas coisas, mas vou resumir falando em três palavras: está sendo demais! Uma experiencia, que por mais que seja por pouco tempo, vai ser inesquecível.
Eu dou uma dica quem tiver a oportunidade de morar, nem que seja por duas semanas, fora do país não  perca essa oportunidade, porque é incrível. Só quando você sai do seu mundinho cheio de rotinas e mesmisses que você vai perceber o quanto o mundo é grande, cheio de diferentes culturas, pessoas e hábitos. Você amadurece sem perceber, cresce   a cada dia intelectualmente e espiritualmente. Aqui você convive com pessoas de estilos diferentes, gênios e culturas totalmente estranhos e novos para uma brasileira que nunca tinha ficado por mais de 10 dias fora do país.

1-Aqui eu aprendi que, ao contrário do que todo mundo pensa, as mulheres da Arábia Saudita são muito bem tratadas. Elas são como as "rainhas" para os seus maridos, e apesar de não serem bem aceitas no ramo de trabalho, elas recebem muitos presentes (incluindo jóias e dinheiro) de seus maridos e são cortejadas por eles durante toda a vida. Para os olhos de muitas pessoas, elas são motivos de dó, por usarem aquele "pano" cobrindo o rosto e por serem reprimidas, mas me desculpem a grosseria, mas nesse caso o motivo de dó é você, que não consegue entender que o "pano" na cabeça representa uma tradição e faz parte da cultura dessas pessoas, e que para elas é um motivo de honra colocá-los sobre o rosto. Os homens não participam das mesma festam que as mulheres, e em um casamento, por exemplo, tem que haver dois ambientes: um para as mulheres e um para os homens.

2- As pessoas que Vancouver são super a favor de homossexuais, transsexuais e essas outras palavras com sexuais. E apesar da cidade ter muuuito mendigos (homeless people), de jovens até idosos, eles tem um grande suporte do governo. Eles tem um local onde podem dormir, tomar banho e se alimentar gratuitamente, assim como também recebem mensalmente uma quantia em dinheiro para poderem sobreviver. E se eles forem viciados em drogas injetáveis, o governo disponibiliza doses gratuitas, assim como o tratamento para se livrar do vicio. As doses gratuitas fazem com que diminua a transmissão de doenças, como a AIDS, através de agulhas.

 3- Aqui eles tem o costume de tirar os sapatos antes de entrar dentro de casa.

 4- É proibido no Canadá a venda de bebidas alcoólicas depois das onze horas da noite em qualquer estabelecimento, a não que esta for consumida no local, como em pubs e bares, o que não é permita a presença de menores de 19 anos nestes estabelecimentos.

 5- Eles também não vendem bebidas alcoólicas em postos de gasolina, afinal é uma hipocrisia do governo falar que dirigir e beber é proibido e vender bebida onde só motoristas costumam parar.

6- Descobri que no Japão as pessoas tem medo de serem diferentes e de assumirem sua verdadeira personalidade, por isso elas acabam imitando uns aos outros.
8- Estados Unidos e Canadá são completamente diferentes. Se você acha não, pergunte para o canadense o que ele acha dos EUA  e você verá. Eles não suportaaaam!! hahah

 9- A porcentagem das taxas do Canadá é de 12% do valor total da compra.

10- Por questão de bons fluidos e boas energias, os canadenses evitam o uso da palavra hate (odiar) e usam outros verbos para expressar isso para não serem tão agressivos, como can't stand (não aguento, não suporto).

11- O transporte público da cidade é ótimo! Os ônibus de dia de semana passam de 10 em 10 minutos, com atraso de no máximo 2 minutos. Além de serem super bem preparados para pessoas com algumas dificuldades, como deficiente físicos ou idosos.

 Essa gente é uma pequena lista de 11 coisas que eu aprendi em um mês, que ainda nem acabou, no Canadá. Talvez esteja esquecendo de algumas coisas, então ela pode creser um pouquinho, mas essas coisas são as lições mais importantes que eu aprendi enquanto estive aqui. E se você precisa de uma dica de intercambio eu totalmente apoio a ideia de vim para o Canadá e garanto que você não vai se arrepender!
 Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou, que tal deixar o seu comentário e me deixar com um sorriso no rosto?