Desde:

Desde: 03 de Janeiro de 2010!

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Eu não quero ser amada

É estranho saber que um sentimento tão bonito, tão essencial pode nos causar tamanha nostalgia, tristeza. 
O amor pesa. Dói. Arde. 
Tanto amar quanto ser amado.
Saber que é amado é como colocar um colete de chumbo e ter que correr. Além de cuidar da sua vida por você mesmo, é preciso tomar um cuidado duplo, pois sabe-se que outro alguém, muito especial, irá sofrer caso você se machuque. 
Eu não quero carregar esse fardo! Não quero ter que me preocupar comigo só porque me preocupo com a sua felicidade. 
Quero ser livre. Livre para morrer ou viver sem deixar marcas de tristeza ou causar inundações nos seus lindos olhos. 
Livre dessa porra que só me faz sofrer de saudade. 

Um comentário:

  1. que amor ver você aqui de novo, postando! amo seus textos e você fez parte da minha adolescência de uma forma singular com eles, sério.. muita nostalgia sempre que venho aqui, e hoje a ótima surpresa de vê-la postando de novo <3
    beijo!

    ResponderExcluir

Se você gostou, que tal deixar o seu comentário e me deixar com um sorriso no rosto?